Vem de 9


Carta aos irmãos e irmãs da Índia, como representantes do reino humano e sua civilização.

 

Recebemos com alegria os esclarecimentos que foram publicados inicialmente numa série de artigos na revista “The Thesophist”, descrevendo a real atividade de todo um reino composto de Almas que trabalham sem cessar para promover que todos os outros reinos da natureza no planeta Terra existam em bem-estar, desenvolvendo suas potencialidades.

Maior ainda foi nossa alegria ao compreender a mutualidade que este trabalho encontra em nosso reino, o humano, mas que, ao mesmo tempo, esta associação não acontece pelas forças cegas da natureza, mas pela vontade que leva a praticar o necessário para que a percepção se abra e junto com ela surjam capacidades normalmente latentes.

Constatamos com clareza tudo que essa revelação provocou, de imediato e o que ainda está em andamento, na Índia e no mundo.

A dimensão verdadeira da revelação, mesmo mais de 100 anos depois, continua despercebida pela maioria, mas provocando, mesmo assim, uma revolução sem precedentes na história da civilização.

segue no 11